quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

GELSON FAZ PRONUNCIAMENTO CONTRA ATUAL SITUAÇÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA, E...

Acompanhe discurso do vereador Gelson, na íntegra, sobre os problemas de iluminação nas vias e bairros de Fortaleza.

GELSON PRESIDE AUDIÊNCIA PÚBLICA

A Audiência Pública coordenada e presidida pelo vereador Gelson Ferraz trata da ausência, na Avenida Beira Mar, de paradas para ônibus de turismo diante dos hotéis. A falta destes espaços para embarque e desembarque de turistas, há anos, vem causando prejuízos na imagem de Fortaleza como destino nacional e internacional. A demanda foi apresentada pelos guias de turismo, por meio do sindicato da categoria, ao vereador. Gelson é o presidente da Comissão de Turismo.

Assista na íntegra.

IMAGENS DE BASTIDOR

Parlamentares apreciam as matérias enviadas pelo Executivo à Câmara Municipal, antes de serem votadas. Entre eles, o vereador Gelson Ferraz/PRB.











INSTITUTO DE PLANEJAMENTO RECEBE VOTO FAVORÁVEL NA REFORMA ADMINISTRATIV...

Gelson é o vereador que há anos luta para que Fortaleza tenha um órgão com a função de planejar o crescimento da cidade. Assista os bastidores da entrevista feita na Câmara Municipal, onde o parlamentar explica o caminho percorrido para a recriação do IplanFor.



NOVO SECRETÁRIO DO TURISMO TOMA POSSE

O vereador Gelson Ferraz/PRB, presidente da Comissão de Turismo da Câmara Municipal participa de cerimônia de posse do novo secretário de turismo de Fortaleza, o agora licenciado vereador Elpídio Nogueira. Fotos gentilmente cedidas pelo presidente do Sindicato dos Guias de Turismo do Ceará, Flávio Alvarenga.









quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

GELSON EM PRONUNCIAMENTO

O vereador Gelson Ferraz/PRB acusa deficiência na iluminação pública, em Fortaleza. Acompanhe as imagens e o texto, na íntegra, do pronunciamento.






Eu quero aproveitar o meu tempo no Grande Expediente de hoje, senhor Presidente, para tratar de uma questão que tem tudo haver com o papel do município na melhora dos índices da segurança pública na Capital.

Quem anda por Fortaleza à noite percebe que uma característica marcante, principalmente nos bairros mais afastados dessa área comercial da Grande Aldeota, percebe o quanto a iluminação pública é deficiente.

E não estamos tratando aqui de falta de postes de iluminação, percebe-se que poucas vias ainda não possuem iluminação. A questão é que a concepção da tal empresa Citeluz, que mandou e desmandou nesse setor durante uns 15 anos, simplesmente é equivocada.

E observem, senhoras e senhores, que essa empresa, que mais males causou à cidade do que benefícios, é a responsável pela iluminação de cidades como Paris, uma da mais bem iluminadas do mundo.

Pois bem, muito diferente de Paris, o modelo de iluminação adotado em Fortaleza beira mesmo o ridículo, pois apesar da iluminação estar presente, as ruas vivem mesmo é na penumbra.

E esta situação, senhor Presidente, contribui diretamente para o aumento desenfreado da violência.
A fórmula é bem simples: RUA ESCURA + AUSÊNCIA DE POLICIAMENTO = TRANSEUNTE EXPOSTO.

O que não se compreende, senhor Presidente, é como ao longo das últimas gestões, tão pouco foi realizado para resolver esse problema.
Eu resumo aqui algumas questões anotadas a partir da observação:

1º) Utilização de lâmpadas do tipo amarelas, que iluminam pouco e deixam um aspecto estranho na paisagem noturna. Certamente que hoje em dia temos as lâmpadas de LED, brancas, que são bem mais eficientes e comprovadamente com duração maior;
2º) A falta de podas regulares nas árvores, o que reduz o campo de abrangência das lâmpadas e cria verdadeiras armadilhas para os transeuntes;
3º) Deficiência na manutenção e substituição de lâmpadas.

São questões simples, senhor Presidente, mas que interferem diretamente na péssima qualidade da nossa iluminação.

E observem, senhoras e senhores, que fazemos aqui um apelo para que o nosso Prefeito Roberto Cláudio, possa resolver esta questão até o final do seu mandato.

E que ele, definitivamente, não encontrará grandes dificuldades de financiamento, já que a Contribuição para a Iluminação Pública, a CIP, garante os recursos necessários para esse tipo de investimento. O que vimos, na verdade, é que os recursos arrecadados pela CIP tornam a receita anual sempre superavitária.

Então, se temos os recursos, temos agora uma nova empresa que foi licitada, o que estamos esperando para dar um jeito nesse problema?

Eu quero sugerir ao Prefeito Roberto Cláudio, que possamos iniciar, pelos bairros da periferia, um amplo esforço para a substituição dessa iluminação precária.

Se for preciso, que se monte até uma força tarefa, com vários turnos de trabalho, como fizemos com as obras de preparação para a Copa da Fifa.   

De outra forma, senhor Presidente, nós vamos sugerir, através de um requerimento, que o Prefeito Roberto Cláudio autorize a construção de um Plano Diretor da Iluminação Pública, identificando as principais deficiências e garantindo um planejamento estratégico para a cidade.

Esse Plano Diretor, senhoras e senhores, poderá começar a ser construídos a partir de uma Audiência Pública que deveremos realizar já nos primeiros dias de fevereiro próximo, quando do retorno dos trabalhos da Casa no ano de 2015.

Estamos avaliando se realizaremos uma audiência pública ou um seminário, ampliando a participação popular, da academia e do Poder Público.

Já deixo aqui o nosso pedido de apoio ao próximo presidente, vereador Salmito Filho. Em breve este pleito estará, certamente, sobre sua mesa.

O que o nosso mandato está tentando construir, senhoras e senhores, é um amplo debate sobre esta questão, que pode até parecer simples, mas para quem está lá na ponta, lá na periferia, é sim de muita relevância.

Eu espero contar com o apoio de todos os senhores e senhoras para esta nossa luta  por uma iluminação pública de mais qualidade.

Por enquanto é tudo, senhor Presidente.

Obrigado.

GELSON CRITICA PREFEITURA POR AUSÊNCIA EM AUDIÊNCIA PÚBLICA

No último dia 04, o vereador Gelson Ferraz/PRB presidiu uma Audiência Pública sobre a ausência de paradas para ônibus turísticos diante de hotéis, na Avenida Beira Mar, o que prejudica o recepção dos turistas, em Fortaleza. Foram convidados vários representantes da Prefeitura para debater o assunto, na Câmara Municipal. O Executivo, porém, não compareceu, o que provocou, durante Sessão, a fala do vereador.