quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Gelson Ferraz lamenta veto prefeitural em projetos de sua autoria


Utilizando o tempo destinado à Liderança Partidária nesta terça-feira, 26, o vereador Gelson Ferraz (PRB) lamentou vetos prefeiturais em projetos de sua autoria. O parlamentar afirmou que seus projetos foram pensados cuidadosamente para o benefício da sociedade e preservação do meio ambiente. 
Gelson apontou que seu projeto de lei de nº 0067/2009, que cria o Selo Empresa Amiga do Meio Ambiente do Município de Fortaleza e o certificado Gentileza Ambiental sofreu veto parcial, enquanto que seu outro projeto de lei de nº 0137/2009, que estabelece procedimentos para a destinação, descarte e o armazenamento adequados de pneus inservíveis recebeu veto integral. 
“Houve uma discussão nessa Casa. Eu achava que estava ajudando o município. Ficamos aguardando que viessem em forma de lei e agora me assustei. Depois de 5 anos, eu não posso divulgar que tive essas ideias. Se eu uso um carro e consegui trocar os pneus dele, onde eu coloco aqueles que não servem mais? Trouxemos os projetos e a véspera das eleições eles foram vetados. Por que?”, indagou. 
Em resposta, o vereador Evaldo Lima (PCdoB), líder do Governo, destacou a importância dos projetos do vereador Gelson Ferraz e destacou que o mesmo sempre está preocupado com a cidade. Evaldo apontou que o projeto que cria o Selo Empresa Amiga do Meio Ambiente só teve veto parcial no oitavo artigo do projeto. 
“Em quase totalidade, o projeto foi sancionado pelo prefeito, exceto a questão que fala da despesa. Vereador não pode apresentar projeto de lei que gere despesa para o Executivo. O projeto é extraordinário e de muita importância para a cidade.”, explicou.