sexta-feira, 23 de maio de 2014

VEREADOR DEVE ANALISAR MUDANÇA DA PRAÇA PORTUGAL

Vereador Gelson Ferraz é indicado para ser um dos membros do grupo que vai analisar projeto da prefeitura de mudança da Praça Portugal, pela prefeitura.

Acompanhe matéria completa.

21/05/2014 14h30 - Atualizado em 21/05/2014 14h36

Câmara de Fortaleza cria grupo para analisar projeto da Praça Portugal

Comissão vai analisar todos os aspectos inerentes à obra.
Em regime de urgência, projeto só deve ser votado após de 2 de junho.

Do G1 CE
Prefeitura de Fortaleza defende projeto de mudança na Praça Portugal (Foto: Prefeitura de Fortaleza/Divulgação)Prefeitura defende projeto de mudança na Praça
Portugal (Foto: Prefeitura de Fortaleza/Divulgação)
A Câmara Municipal de Fortaleza começou a discutir na sessão ordinária desta quarta-feira (21), o Projeto de Lei Complementar do Poder Executivo que trata das obras de mobilidade urbana de Fortaleza, com foco na reformulação da Praça Portugal. O projeto foi encaminhado à Câmara nesta terça-feira (20), pelo prefeito Roberto Cláudio. A mensagem, que tramita em regime de urgência, não deverá ser votada antes do dia 2 de junho, data marcada para ocorrer uma audiência pública, na Câmara Municipal de Fortaleza, para discutir o projeto.
Na sessão desta quarta-feira, a Mesa Diretora da Câmara nomeou uma comissão especial para estudar a legalidade e o mérito do Projeto de Lei. De acordo com a lei orgânica de Fortaleza as praças da cidade não podem sofrer intervenção sem a aprovação no plenário da Câmara de Fortaleza. A Comissão que irá analisar o projeto de reforma da Praça Portugal é formada pelos vereadores Evaldo Lima (PC do B), Carlos Mesquita (PMDB), Magaly Marques (PMDB), Gelson Ferraz (PRB), Didi Mangueira (PDT), Guilherme Sampaio (PT), Mairton Félix (DEM), Márcio Cruz (PROS) e João Alfredo (PSOL).
Segundo o vereador João Alfredo, membro da comissão especial, o grupo vai analisar diversos aspectos do projeto, como a licitação - ou a dispensa de licitação - que escolheu a empresa e os recursos para implementação da obra. “Nós não podemos votar um projeto desse no escuro, sem que todas as questões fiquem claras”, diz. Após a análise, o parecer da Comissão vai ser votado em plenário e, só então, o projeto de Lei Complementar segue para votação no Plenário da Câmara Municipal.
De acordo com projeto da Prefeitura de Fortaleza a praça, que forma a rotatória das avenidas, será dividida em quatro partes, nas laterais do cruzamento. As quatro praças terão, juntas, 10,2 mil metros quadrados, 35% maior que a área atual. A proposta, apresentada pela Prefeitura, tem ganhos de velocidade e fluidez menores que o do túnel, mas com ganhos maiores para a cidade, que é tirar a Praça Portugal do modelo de rotatória e transformar em quatro praças retangulares no cruzamento", afirmou o prefeito Roberto Cláudio na apresentação do projeto.
Tombamento
Nesta terça-feira o Ministério Público do Ceará (MP-CE) recomendou à Prefeitura de Fortaleza o tombamento da Praça Portugal como patrimônio histórico pela Secretaria de Cultura de Fortaleza (Secultfor). Caso seja tombada, a mudança na praça seria impedida. Segundo o MP-CE, a recomendação pretende preservar a Praça Portugal, localizada na confluência das Avenidas Desembargador Moreira e Dom Luís, ''diante do iminente perigo de demolição”, em decorrência das obras do Plano de Ação Imediata de Trânsito e Transporte de Fortaleza (PAITT).
Fonte: http://g1.globo.com/ceara/noticia/2014/05/camara-de-fortaleza-cria-grupo-para-analisar-projeto-da-praca-portugal.html

terça-feira, 20 de maio de 2014

VEREADOR GELSON FERRAZ: "AQUILO PARECE UMA CIDADE BOMBARDEADA!"





Eu quero aproveitar o grande expediente de hoje, senhor Presidente, para trazer à tona dois assuntos muito importantes para a cidade, mas e têm conexão entre si, pela natureza comum de ambos. Tem chovido nas últimas semanas, senhoras e senhores. A população comemora, mas acontece que surgem velhos fantasmas que assombram a cidade de Fortaleza: a cidade, definitivamente, não está preparada para as chuvas.

Parece um assunto de menor importância, senhor Presidente, já que nenhuma morte foi registrada, porque a Prefeitura, como na gestão anterior, se antecipou em monitorar as áreas de risco. Mas, se Fortaleza se resumisse apenas a áreas de risco, a questão estaria resolvida. Acontece que em quase todas as áreas da cidade, o que se viu em meio à chuva foi o caos.

Ruas alagadas, muitas ruas alagadas. Eu diria até velhas e conhecidas ruas alagadas. Eu digo mesmo, senhoras e senhores, que as últimas gestões da cidade, inclusive a atual, do Prefeito Roberto Cláudio, tem mesmo é muita sorte porque as chuvas não são tão intensas a ponto de causar tragédias maiores. Mas, mesmo essas parcas chuvas, têm o poder de quase parar a cidade. Alguns pontos são muito conhecidos: viaduto do Makro, Av. Treze de Maio, Rua Vereador Pedro Paulo, Av. Barão de Studart, Av. Heráclito Graça, ruas e avenidas importantes e outras nem tanto, mas que mexem com a vida de muita gente, como no bairro José Walter.

Mas, o símbolo dessas últimas precipitações tem sido mesmo o entorno do estádio Castelão. Meu Deus, aquilo ali está parecendo mais uma cidade recém bombardeada numa guerra do que a Fortaleza cantada em verso, prosa e propagandas governamentais. A Rua M, que fica ali paralela á Avenida Paulino Rocha, e que é apontada pela Prefeitura como o desvio para acessar a Av. do Contorno, está quase intransitável. Ali só passa carro com tração nas quatro rodas.

E olha que há 50 metros, tem uma obra em andamento. Qual seria o custo para que a construtora, que está recebendo dinheiro público, deslocasse para o desvio uma carrada de pedras ou que passasse a máquina para aplainar o terreno. Nem uma coisa, nem outra. Eu fico estarrecido como os fiscais da Secretaria de Infraestrutura não tomam nenhuma providência. Ou estão indo visitar a obra de helicóptero ou estão fazendo vista grossa mesmo.

Enquanto isso, a população que fique mergulhando os carros em lama, como se dirigissem submarinos. É uma vergonha o que está acontecendo ali. O Prefeito Roberto Cláudio tem que ir lá pessoalmente, porque os auxiliares não estão dando conta. De outra forma, senhoras e senhores, as obras das Avenidas Paulino Rocha e Alberto Craveiro se arrastam. Eu vi uma entrevista na TV, onde o secretário da infraestrurura disse que só faltam 2% da obra da Alberto Craveiro e 25% da obra da Paulino Rocha. Mas como pode isso?

A Alberto Craveiro, na verdade já deve estar em 210% de obras concluídas, pois já deve ter sido entregue umas três vezes. Inclusive aquele asfalto já foi refeito pelo menos umas 4 vezes. É um absurdo. Já estragaram até o trajeto normal da via, com tampas que mais parecem vulcões brotando do chão. Um convite para acidentes. A Av. Paulino Rocha é um verdadeiro “case” de engenharia, porque não termina nunca. E é ruim viu que só restam 25% de obra. Aquilo ali está um caos.

O que tememos, senhor Presidente, é sobre o pós-Copa. Não quero nem pensar nessas avenidas interditadas novamente em agosto, asfalto arrancado e desvios restabelecidos. Isto sim seria um desapontamento. Porque a impressão que dá é que vão fazer apenas uma maquiagem ali para o início dos jogos no Castelão, o que acontecerá em menos de 30 dias. O fato é que as chuvas estão atormentando a vida de quem se move pela cidade. E parece que nada está sendo feito para amenizar esta questão.

Eu entro, então, na última parte do meu pronunciamento, senhor Presidente, para indagar sobre o IPLANFOR. O nosso mandato, particularmente, que lutou durante anos para que a cidade voltasse a ter o seu órgão central de planejamento, está ainda por saber onde está o cérebro dessa administração. Onde estão as cabeças pensantes do Iplanfor?

O que está sendo planejado para os próximos anos? Cadê as respostas que a cidade tanto anseia para o caos no trânsito, para o crescimento da cidade? Se está havendo alguma movimentação do Instituto, não está resvalando na sociedade, porque nenhum grande debate foi realizado, estamos aí com a discussão do binário e nada da participação do Iplanfor.

Não há a marca do planejamento nessas ações. Eu mesmo já estive por mais de duas dezenas de vezes nessa tribuna cobrando a recriação do Instituto. Apresentamos e aprovamos um projeto de indicação. Realizamos audiência pública, debates. E apesar de não ter sido sequer convidado para a posse da nova gestão do órgão, esperava mesmo, pelo menos, ver os frutos desse trabalho, passados 17 meses da nova gestão.

Nós vamos voltar a falar sobre isso, senhor Presidente, mas fica aqui este alerta prévio e o nosso brado de indignação. Eu tenho certeza, senhor Presidente, que a era do aliado alienado, que acha e fala que tudo na gestão está bem já passou. Sou aliado da gestão e estou aqui apontando as falhas. E a inteligência emocional do Prefeito e a sua liderança sobre os seus auxiliares, hão de alcançar uma solução para estas gravíssimas questões, sob pena de submeter à cidade à graves consequências.

Eu vou ficando por aqui, senhor Presidente, deixando o nosso protesto pelos moradores do bairro Castelão.

E viva o país da Copa.


ACOMPANHE, NA ÍNTEGRA, O PRONUNCIAMENTO DO VEREADOR PELO TEMPO DA LIDERANÇA




"Eu quero aproveitar o tempo de liderança de hoje, senhor Presidente, para falar um pouco sobre o desenrolar da preparação do PRB para o pleito eleitoral que se aproxima. Agora, no próximo dia 22 de maio, aqui mesmo na Câmara Municipal de Fortaleza, neste Plenário, estaremos realizando o nosso VII Encontro Estadual e a posse da nova executiva do Partido no Ceará, onde estamos assumindo a vice-presidência da nossa agremiação.

E depois de oito anos da criação do partido, senhoras e senhores, o qual eu tive a honra de fundar e presidir aqui no Ceará, chega à eleição deste ano com um olhar diferente da conjuntura política local, principalmente pela nossa condição de independência quanto ao grupo majoritário que domina o Governo do Estado. Desde quando o Governador Cid Gomes resolveu destratar o nosso partido, ou melhor, tratá-lo da forma indecorosa como tem tratado todas as agremiações que lhe servem na sua base de apoio, nós passamos de meros alinhados a protagonistas desse processo.



E, uma nova força está sendo construída para se contrapor a esta mão-de-ferro que um grupo familiar tenta impor aqui no Ceará. E como a população também não acata mais esse tipo de imposição e alguns partidos acordaram a tempo e resolveram reagir a isso, os eleitores do Ceará, finalmente terão a opção de uma escolha viável. Terão uma segunda e até uma terceira opção para a eleição ao cargo de Governador. E com toda certeza, mais de uma opção para a eleição ao Senado.



O carimbo de a pior gestão da história do Ceará no quesito segurança pública está proporcionando uma mobilização silenciosa da população, que sabe da política equivocada empreendida pela atual gestão, que esbanjou dinheiro na compra das viaturas de luxo, dos helicópteros que ninguém vê em operação, no fardamento desenhado por um grande estilista do mundo da moda.



E que por esses equívocos, senhor Presidente, brada ao mundo que fez os maiores investimentos da história, mas cujos resultados nem é preciso comentar.

Somado a isso, outras questões relevantes serão levadas em conta nesta campanha. E a maior bandeira, certamente será a gestão da segurança.



Nós estamos, enquanto partido, irmanados e empenhados em construir propostas para somarmos ao programa de governo que vamos defender daqui a alguns meses. E este novo projeto político será vencedor, porque está sendo gerado sem a desídia com que o tema vem sendo tratado até hoje.



O PRB está conversando com esses partidos e buscando a melhor alternativa para o Ceará. E na próxima semana, estaremos recebendo esses partidos aqui no nosso VII Encontro, inclusive com a presença do nosso Presidente Nacional, Dr. Marcos Pereira, que também participa dessa articulação com os partidos.

Teremos aqui a presença, já confirmada, do Senador Eunício Oliveira, do PMDB, que tem apresentado a sua disposição de trabalhar ainda mais pelo Ceará.



Teremos, também, a presença de lideranças partidárias do PR, PSDB, PV, PSB, PPS e de outros partidos que estão empenhados nesta mesma linha, de dar um fim ao empreendimento familiar instalado no Ceará. Eu já aproveito para convidar a todos os nossos colegas para que possam comparecer ao nosso Encontro e juntar-se a nós na construção dessa nova alternativa.



Portanto, senhor Presidente, o PRB segue crescendo, sempre e lutando por melhores dias para todos os cearenses. É sobre isso que estamos nos debruçando. É sobre isso que vamos dar o nosso melhor. Vou ficando por aqui, senhor Presidente, agradecendo a atenção de todos e o espaço concedido.

PROPOSTA DO VEREADOR GELSON FERRAZ É PAUTA DA TV FORTALEZA

O "Alô Turista", proposta do Vereador Gelson Ferraz/PRB para aumentar a qualidade do atendimento aos visitantes de Fortaleza, ganha pauta do jornalismo da TV Fortaleza. Acompanhe a reportagem de Joana Frota.